Palavra do Presidente

Palavra do Presidente

Ted Lago

Chegamos aos 20 anos da EMAP – Empresa Maranhense de Administração Portuária e estamos escrevendo uma história de muitas conquistas, fruto do trabalho de uma equipe que vem atuando diariamente para colocar o Porto do Itaqui em lugar de destaque no mapa do Brasil. Estamos no topo do ranking de movimentação de soja entre os portos públicos do Arco Norte (Antaq, 2020), integramos o seleto top 3 entre os que mais exportam soja no país e no ranking da gestão ambiental (IDA, Antaq, 2020).

O porto público do Maranhão foi duplamente reconhecido no Prêmio Portos + Brasil, instituído pelo Ministério da Infraestrutura (Minfra) em 2020, entre os três portos brasileiros com melhor performance em IGAP (Índice de Gestão das Autoridades Portuárias) e Execução dos Investimentos Planejados.

E o que nos enche de orgulho: somos o único porto público do Brasil com tripla certificação: ISO 9001:2015 (Qualidade), ISO 14001 (Meio Ambiente) e ISO 27001 (Segurança da Informação). E estamos trabalhando para conquistar neste ano mais uma: a ISO 45001 (Saúde e Segurança do Trabalho).

Mesmo em um ano desafiador como 2020, em que fomos atravessados pela pandemia de covid-19, conseguimos superar a marca de 2019, quando tivemos o melhor ano da nossa história, resultado de uma série de mudanças iniciadas em 2015. Atingimos a marca das 25,3 milhões de toneladas de cargas movimentadas em um cenário em que os grãos (soja, milho e farelo de soja) se destacaram, chegando aos 12,1 milhões de toneladas – incluindo as operações do Tegram e da VLI –, um crescimento de 8,5% sobre o mesmo período do ano passado. E o volume de fertilizante atingiu os 2,6 milhões de toneladas movimentadas, registrando alta de 21% sobre o ano anterior.


Temos em curso um Plano de Investimentos – entre recursos públicos e privados – no valor total de R$ 1,4 bilhão para infraestrutura portuária, que abrange obras entregues, em andamento e projetos para este e os próximos anos. Marco do projeto de expansão que vem sendo empreendido no Porto do Itaqui, o Novo Tegram iniciou suas atividades no final do primeiro semestre de 2020.

De recursos próprios foram aplicados R$ 232 milhões entre 2015 e 2019 e mais R$ 185 milhões serão injetados de 2020 a 2023. Os investimentos privados somam R$ 939 milhões para expansão de terminais e construção de novas estruturas, sem contar os novos arrendamentos em terminais de granéis líquidos, com leilões previstos para o segundo trimestre, no valor de mais de R$ 600 milhões, que inclui a construção de um novo berço (99) e uma pera ferroviária.

Em 2020 mantivemos nossa capacidade de geração de caixa, com EBTIDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 34,2%, chegando a R$ 79,4 milhões neste último ano. Além da lucratividade, contabilizamos também os valores que o Itaqui, como porto público, vem gerando para a sociedade. As operações realizadas no Porto do Itaqui, que respondem por cerca de 35% do ICMS do Maranhão, arrecadaram R$ 54,8 milhões em 2020 em outros impostos e contribuições (IRPJ, CSLL, PIS, COFIN e ISS).

São cerca de 16 mil empregos diretos e indiretos gerados a partir da atividade portuária nas diversas cadeias produtivas dentro do Maranhão e ao longo da área de influência do porto.

Seguimos firmes em nossa missão de consolidar o Porto do Itaqui como o principal porto do Corredor Centro-Norte do país, investindo em nossos profissionais – com atenção à diversidade como aspecto fundamental para a conquista dos melhores resultados –, garantindo excelência logística, competitividade, sustentabilidade e inovação, gerando valor para o Maranhão e toda a sociedade. Tudo isso dentro de uma visão focada em ser, até 2022, a empresa referência em gestão portuária no Brasil.

Em tudo o que fazemos buscamos assegurar a sustentabilidade, aliando resultados financeiros positivos com respeito à vida e ao meio ambiente, de modo que a empresa se mantenha economicamente viável, ambientalmente sustentável e socialmente responsável.

Essa é a nossa contribuição para transformar o Maranhão em um estado cada vez mais forte e desenvolvido.

Ted Lago
Presidente da EMAP/Porto do Itaqui