COVID-19 O que estamos fazendo

Acompanhe tudo sobre o assunto em nosso noticiário


medidas adotadas pelo Governo do Maranhão


O que a EMAP está fazendo para enfrentar a pandemia de Covid-19?

A EMAP criou, por meio da Portaria nº 102/2020, o Comitê Preventivo para Covid-19 e outras Infecções Respiratórias. A iniciativa atende as determinações dos órgãos internacional, federal, estadual e municipal com poderes instituídos para deliberar sobre as questões de Saúde, Vigilância Epidemiológica e seus impactos nas demais áreas e especificamente a área portuária. Dentre essas determinações estão os decretos assinados pelo governador Flávio Dino sobre o tema.

O que faz o comitê?

As atribuições do comitê são: estabelecer medidas de prevenção e combate ao coronavírus e outras infecções respiratórias no âmbito do Porto do Itaqui, de acordo com determinação dos órgãos competentes sobre a evolução dos problemas sanitários, e tomar medidas que possam garantir a regularidade e continuidade das operações do Porto do Itaqui.

Quem faz parte desse comitê?

O comitê é formado pelo presidente Ted Lago; pelos diretores Artur Costa, de Administração e Finanças; Antônio Araújo, de Engenharia; Marcelo Coelho, de Relações Institucionais; e Jailson Luz, de Operação e Planejamento; bem como por representantes das áreas de Saúde e Segurança do Trabalho, Recursos Humanos, Jurídica, Segurança Patrimonial, Comunicação e demais membros, caso necessário.

Onde e como se reúne?

O grupo tem reuniões diárias e também atua de modo permanente por meio de um grupo de WhatsApp, para atualizar providências e informações continuamente.

Que medidas já foram tomadas?

As primeiras ações do Comitê foram, dentre outras: a instituição do trabalho remoto para grávidas e funcionários com mais de 60 anos e portadores de doenças crônicas, suspensão do acesso e registro de ponto dos funcionários por biometria, viagens corporativas, eventos internos, participação em cursos e seminários, treinamentos e o Programa de Visitas. E as primeiras orientações foram no sentido de se evitar reuniões presenciais e acesso de clientes e fornecedores que não fossem essenciais. Os funcionários em volta de férias ou que apresentassem sintomas de gripe (coriza, tosse, febre e dor no corpo) foram orientados a permanecer em casa procurar, por telefone o serviço médico da EMAP para receber instruções. Caso você não esteja recebendo nossos e-mails com as informações das medidas e outras orientações de prevenção, avise pelo e-mail comunicacao@emap.ma.gov.br..

Quais foram as primeiras medidas tomadas?

As primeiras ações do Comitê foram, dentre outras, foram: a instituição do trabalho remoto para grávidas e funcionários com mais de 60 anos e portadores de doenças crônicas, suspensão do acesso e registro de ponto dos funcionários por biometria, viagens corporativas, eventos internos, participação em cursos e seminários, treinamentos e o Programa de Visitas. E as primeiras orientações foram no sentido de se evitar reuniões presenciais e acesso de clientes e fornecedores que não fossem essenciais. Os funcionários em volta de férias ou que apresentassem sintomas de gripe (coriza, tosse, febre e dor no corpo) foram orientados a permanecer em casa procurar, por telefone o serviço médico da EMAP para receber instruções. Caso você não esteja recebendo nossos e-mails com as informações das medidas e outras orientações de prevenção, avise pelo e-mail comunicacao@emap.ma.gov.br.

Novas medidas poderão ser tomadas? Quando?

Sim. O plano de ação da EMAP para enfrentamento da pandemia inclui medidas em três níveis: Nível um: sem casos confirmados no Maranhão; Nível dois: confirmação de casos no Maranhão e Nível três: confirmação de casos no complexo portuário. Não é possível atropelar essas etapas. Nesse momento é necessário manter a calma e tomar decisões de acordo com cada cenário. Diariamente as ações são reavaliadas e discutidas com os órgãos de Saúde federal, estadual e municipal. Acompanhe nossas comunicações.

E quem já havia viajado recentemente?

Todo os colaboradores da EMAP que estiveram em áreas endêmicas no último mês foram mantidos em quarentena, de acordo com os protocolos internacionais para Covid-19. Eles estão sendo monitorados pelo serviço médico e só voltarão à empresa depois de autorizados.

Como estão os processos que precisam de assinatura de gestores que estão fora?

Gestores que foram orientados a permanecer em casa no regime de home office têm substitutos para assinatura de documentos e em casos excepcionais alguns deles estão assinando documentos (uma logística foi montada envolvendo a área de transporte e de Saúde e Segurança do Trabalho). Aos que viajaram recentemente foi tomado o cuidado de usarem máscara e luvas.

Como vem sendo estabelecido o critério de home office?

Em um primeiro momento, conforme determinado em decreto assinado pelo governador em 16 de março, o home office foi estabelecido para funcionários com mais de 60 anos, grávidas e portadores de doenças crônicas. Os critérios estão sendo reavaliados em razão de mudança de cenário e obedecendo as determinações legais. As atualizações estão sendo informadas aos funcionários por seus gestores.

E como está funcionando o home office?

A jornada de trabalho segue a mesma do trabalho presencial: das 8h às 12h e de 13h às 17h (ou conforme ajuste com o gestor) e as equipes para trabalho à distância são definidas pelo gestor – que se responsabiliza pelas entregas de sua área – e validadas pelo Comitê. Os gestores de área devem validar com o Comitê toda e qualquer alteração de equipe para trabalho à distância; uma vez validado, deve comunicar ao RH.

Como ficam as licitações?

As licitações presenciais essenciais para atividades desenvolvidas na EMAP e no Porto do Itaqui serão convertidas em certames eletrônicos, permitindo a tramitação regular, bem como seus respectivos prazos processuais.

E o Protocolo?

Informações sobre protocolos de documentos devem ser solicitadas pelo e-mail protocolo@emap.ma.gov.br ou pelo telefone 3216-6060.

Os restaurantes localizados no Porto do Itaqui estão funcionando?

A cantina dentro da EMAP e a lanchonete do PRC foram fechadas, mas os demais restaurantes estão abertos, com serviço de entrega (delivery) ou retirada de refeição no próprio estabelecimento.

Como faço para comprar remédio se não tenho como fazer consulta agora?

Foi liberada temporariamente a compra de medicamentos pelo convênio farmácia sem receita médica. Vale para medicamentos sintomáticos (gripe, febre, dor, vômito etc.) e os de uso contínuo (hipertensos, diabéticos e outras patologias de conhecimento do setor médico da EMAP). O cupom fiscal deve ser apresentado ao serviço médico (equipe em home office pode entregar após dia 5 do mês seguinte).

O que está sendo feito para os terceirizados?

As medidas e orientações do Comitê criado pela EMAP e dos decretos governamentais foram estendidas às demais empresas terceirizadas, operadoras e arrendatários, com a orientação de que fossem divulgadas entre todos os seus colaboradores, fazendo-se cumprir.

Além da EMAP, os demais membros do porto organizado do Itaqui estão tomando medidas?

Sim. A EMAP vem coordenando ações junto a arrendatários, clientes, fornecedores e OGMO. Nesse sentido a lanchonete do PRC foi fechada, houve reunião da operação com os sindicatos de TPAs, ações junto aos restaurantes estão sendo tomadas, licitantes receberam orientações para priorizar pregão eletrônico e nos casos em que só for possível pregão presencial não enviar representantes que apresentem sintomas de gripe.

Como estão as ações de prevenção nas operações portuárias?

Para garantir condições de saúde e controle epidemiológico, o Porto do Itaqui atua de acordo com protocolos internacionais de saúde e segurança, mantendo atualizado o seu Plano de Contingência para Assuntos de Interesse Internacional em Saúde Pública e um posto permanente da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, na área portuária. Um navio só atraca no Porto do Itaqui depois de autorizado pela Agência, responsável pela fiscalização das condições de saúde de tripulação e higiene das embarcações. Com a declaração de pandemia de Covid-19 pela Organização Mundial de Saúde, esses cuidados estão sendo ainda mais rigorosos.

Como fica a questão da limpeza?

Os serviços de limpeza e higienização foram reforçados em estações de trabalho, maçanetas e prática de portas abertas em todas as dependências sob a gestão da EMAP, incluindo os terminais da Ponta da Espera e do Cujupe. Foram distribuídos dispensers com álcool gel em todas as áreas da empresa. Esse cuidado foi estendido aos ônibus, que também reforçaram a higienização.

E o que foi definido para os terminais de ferryboat nesse período?

Os serviços de limpeza foram intensificados, com atenção à desinfecção de superfícies, cadeiras e corrimãos. Os funcionários estão usando equipamentos de proteção individual (máscara e luvas) e as informações sobre fluxo estão sendo repassadas ao usuários pelas equipes e distribuídas em material informativo. As orientações são para sentar em cadeiras alternadas, manter distância segura do outro na fila de passagem e aos que estiverem de carro, que permaneçam dentro do veículo.

Por que o Porto do Itaqui não parou suas atividades?

Por determinação federal, da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), os portos públicos (inclusive os delegados), privados e demais instalações portuárias, assim como as atividades de transporte aquaviário interestadual e internacional, devem permanecer em operação. Isto porque os portos prestam um serviço essencial, que é o de abastecimento. Pelo Itaqui estão chegando alimentos diversos, medicamentos, produtos de higiene e limpeza, combustíveis e gás de cozinha, imprescindíveis para a população.

O que eu devo fazer para contribuir?

Seguir as orientações divulgadas pelo comitê, que está atento e trabalhando diariamente pela saúde e segurança de todos os funcionários e pela manutenção das operações do Porto do Itaqui. É muito importante lembrar que o Porto do Itaqui é essencial durante períodos de crise como esse, por garantir o recebimento de insumos para o abastecimento do estado e do país (alimentos, medicamentos, combustíveis e materiais de higiene e limpeza, por exemplo). E a exportação de grãos e celulose, dentre outras cargas, é fundamental para garantir a economia do estado e do país.

Tenho dúvida, o que devo fazer?

Em caso de dúvida, converse com o seu gestor imediato ou envie um e-mail para comunicacao@emap.ma.gov.br.Esse bloco de perguntas e respostas será constantemente atualizado. Acompanhe as informações em nossos canais: intranet, site, Instagram e e-mail.